Vitória! Servidores comemoram assinatura de acordo para receber pagamento da indenização de campo

Edvaldo Esteves, servidor do Ministério e diretor do Sintrasef, diz que a união em torno do sindicato é importante para as próximas batalhas (Foto: Karol Caparelli)

Em uma audiência de conciliação realizada na manhã desta sexta-feira (26/4) entre o Sintrasef, outras entidades sindicais e o desembargador do Trabalho Cesar Marques Carvalho, foi assinado o acordo para pagamento da indenização de campo dos servidores do Ministério da Saúde após mais de dez anos de luta. Os trabalhadores da antiga Fundação Nacional de Saúde (Funasa) comemoraram a vitória em frente ao Tribunal Regional do Trabalho (TRT), no Centro do Rio.

O acordo fechado tem o teto máximo de R$ 12 mil e a previsão de pagamento é de até seis meses após a realização dos cálculos, que serão feitos conforme a situação de cada servidor, levando em consideração, por exemplo, as férias, faltas e dias trabalhados. Uma nova audiência está marcada para o dia 6 de maio também no TRT.

Presente à audiência, Edvaldo Esteves, diretor do Sintrasef e servidor do Ministério da Saúde, celebra a conquista: “É uma vitória para a categoria! Depois de tanta insistência, mesmo com algumas pessoas sem acreditar que seria possível ganhar, conseguimos. O nosso papel como diretor é não desistir e lutar sempre”.

Mais lutas

O pagamento da indenização de campo é apenas a primeira etapa vencida. As próximas lutas dos servidores são as ações de insalubridade e das férias em dobro. Antes, o valor da insalubridade era de 20% do salário de cada um, porém atualmente é baseado em 10% do salário mínimo. Já as férias em dobro são as reivindicações do recebimento de um valor descontado indevidamente pelo governo. “Essa é mais uma luta que estamos tocando para frente. Não podemos desistir”, afirma Edvaldo Esteves.

Deixe uma resposta