Sintrasef cobra recursos para o SUS e facilidades para usuários durante conferência de saúde mental

À esquerda, José Augusto, diretor do Sintrasef, durante os debates da conferência

O Sintrasef participou nesta segunda-feira (13/6) da V Conferência Nacional de Saúde Mental: Etapa Regional Metropolitana I, realizada no Auditório do Núcleo Estadual do Rio de Janeiro (Nerj) do Ministério da Saúde, na rua México, no Centro. Durante o encontro o Sintrasef propôs a construção de residências terapêuticas para ocupar o lugar de manicômios e a abertura de concurso público para mais profissionais atuarem neste setor, além de reforçar a luta por mais financiamento para o SUS.

Para José Augusto da Silva, servidor do Ministério da Saúde e representante da diretoria do Sintrasef na conferência, todos os esforços têm o objetivo de garantir um futuro menos sofrido para os pacientes e familiares de usuários do programa de saúde mental. “Temos que fazer cada vez mais atendimentos para pessoas que sofrem destes distúrbios mentais, sejam eles por doenças ou por uso de álcool e outras drogas. É um problema crescente, os planos de saúde estão cada vez mais caros e o SUS tem que dar conta destes tratamentos através dos seus programas”, afirmou o diretor do Sintrasef.

A próxima etapa da conferência está prevista para os dias 9 e 10 de julho, na UERJ. O Sintrasef estará presente!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *