Paridade salarial, incorporações e volta de 100% da pensão por morte estão entre as prioridades dos aposentados para campanha salarial

Em meio aos diversos encontros setoriais que as entidades representativas dos servidores públicos federais vêm promovendo para debater as demandas de cada setor do serviço público, foi realizado o Encontro Nacional dos Aposentados e Pensionistas. O Encontro realizado pela internet reuniu servidores e servidoras de quatorze estados. O objetivo do Encontro foi o de reunir as principais demandas dos aposentados e pensionistas a serem entregues ao Governo Federal durante a negociação da Campanha Salarial de 2024.

Na ocasião foram levantadas como demandas a paridade salarial entre ativos, aposentados e pensionistas; a incorporação na aposentadoria dos 20% da avaliação individual para quem tem mandato classista e 100% da Gratificação de Atividade de Combate e Controle de Endemias (Gacen); a extensão da Lei 13.324/16, lei da incorporação da gratificação de desempenho para todos os aposentados (as) e pensionistas do serviço público federal, com percentual de 80% na avaliação institucional; e a regularização da situação funcional dos servidores (as) públicos que estão em cargos extintos.

Os aposentados e pensionistas também têm como prioridade a revogação do capítulo da Reforma da Previdência que reduziu para 50% o provento das pensões por morte. Defendem que volte a ser de 100% do que recebia o instituidor da pensão. Querem ainda o auxílio alimentação para aposentados no percentual de 50% do que recebem os ativos; e o reajuste do valor da per capita no percentual de 70% dos planos de saúde.

Estão ainda entre as demandas a aprovação da PEC-101, que dispõe sobre a concessão de Plano de Saúde aos servidores da extinta Superintendência de Campanhas de Saúde Pública (Sucam) que manusearam o inseticida Dicloro-Difenil-Tricloroetano (DDT). Reivindicam ainda a aprovação do Projeto de Lei 636/21, que concede indenização e tratamento médico aos servidores da extinta Sucam contaminados pelos inseticidas DDT e Malathion. (Com agências)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *