Nota de repúdio ao ministro Paulo Guedes

O Sintrasef repudia as declarações do ministro da Economia, Paulo Guedes, que nesta sexta-feira (7/2) comparou os servidores públicos a parasitas.

O Sintrasef tem imenso orgulho em representar aqueles que cortam cordões umbilicais em maternidades, aqueles que ensinam o a-e-i-o-u em salas de aula, aqueles que varrem as ruas e os locais por onde passamos, ou ainda aqueles que são a última mão na última das horas.

O Sintrasef tem imenso orgulho em representar uma classe trabalhadora que tem em seu próprio nome o verbo “servir”. O servidor serve ao próximo, serve ao coletivo, serve ao Brasil em diferentes funções profissionalizadas. Para tal, tem vocação, estuda, faz concurso público, trabalha muito e segue regras previstas nas legislações do país.

O Sintrasef denuncia o despreparo do senhor Paulo Guedes para o cargo de ministro da Economia de um país rico e complexo como o Brasil. O ministro é pobre em conceitos e gestões de desenvolvimento, diversificação e distribuição de riquezas, bens e serviços. O ministro é refém do mercado financeiro especulativo (este sim, parasita) e suspeito de ilícitos no setor de fundos de pensão (setor diretamente ligado à sua pasta). O ministro demonstra imaturidade ao atacar uma classe de trabalhadores que contribui, e muito, sob diferentes e diversos aspectos que ele parece não ter capacidade de entender, para a economia do Brasil.

O Sintrasef tem certeza que os servidores e os serviços públicos brasileiros permanecerão na tarefa de construir um país melhor para todos! E que Paulo Guedes passará (e rápido).

Deixe uma resposta