Jornada de mobilizações contra as reformas começa nesta segunda-feira (16/10)

Servidores, sindicatos e movimentos sociais iniciam nesta segunda-feira (16/10) a semana de lutas e mobilizações contra as reformas golpistas de Temer, que enfrenta votações sobre mais uma denúncia de corrupção e pode ser afastado da presidência, e em defesa dos direitos de servidores e trabalhadores. A Campanha pela Anulação da Reforma Trabalhista segue forte na coleta de assinaturas através do site http://anulareforma.cut.org.br/

Terça e quarta-feiras (17 e 18/10) será a vez da defesa da utilização correta da terra e da alimentação sadia, contra o agronegócio e seus agrotóxicos. As organizações do campo mobilizam suas bases em Brasília para uma ação de luta contra as reformas e para pressionar o governo e o congresso a recomporem o orçamento para agricultura familiar.

Na quinta-feira (19/10), servidores e a União Nacional dos Estudantes (UNE) realizam um dia de mobilização nas universidades de todo o país em defesa da educação pública e gratuita sob o lema “Universidade não se vende, se defende”.

As atividades desta segunda metade do mês de outubro preparam  o Dia Nacional de Mobilização previsto para o dia 10 de novembro, véspera da entrada em vigor da Reforma Trabalhista. (16/10/17)

 

Deixe uma resposta