Conferência Nacional de Saúde começa domingo com necessidade de fortalecimento do SUS

A 16º Conferência Nacional de Saúde vai reunir cerca de cinco mil pessoas em Brasília, a partir deste domingo (4/8) até a próxima quarta-feira (7/8). O Sintrasef estará no evento representando os servidores, junto com diversos participantes de todos os estados do país. Essa edição leva o tema “Democracia e Saúde”, e tem como principal objetivo propor melhorias ao Sistema Único de Saúde (SUS).

A proposta temática desse ano é um resgate à memória da 8ª Conferência Nacional, realizada em 1986, considerada um marco na história da Saúde pública no Brasil. Além de ter sido a primeira conferência de Saúde aberta à sociedade, o relatório final do evento serviu de base para o capítulo sobre a Saúde na Constituição Federal de 1988, resultando na criação do SUS.

O encontro vai contar com a presença de profissionais da Saúde, gestores e usuários do SUS para debaterem e traçarem as ações que deverão ser desenvolvidas pelo Ministério da Saúde, estados e municípios. Ao fim da 16ª Conferência, será elaborado um relatório final que dará subsídio para o Plano Plurianual (PPA 2020-2023) e para o Plano Nacional de Saúde.

Confira a programação completa da conferência:

  • Domingo, dia 4

8h às 18h – Credenciamento

12h às 14h30 – Almoço e Boas Vindas

14h30 às 17h30 – Mesa de Debate 1: Saúde como direito

Palestrantes: Emerson Elias Merhy –  Professor titular de Saúde Coletiva da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ); Josefa da Guia – Líder da comunidade quilombola da Serra da Guia – Poço Redondo (SE); Jandira Feghali – Deputada federal (PC do B/RJ)

17h30 às 18h – Lanche

18h – Cerimônia de Abertura

20h – Conferência Magna Democracia e Saúde

Palestrante: Virginia Fontes – Professora da Universidade Federal Fluminense (UFF)

21h – Coquetel

  • Segunda-feira, dia 5

8h às 18h – Credenciamento

8h às 10h30 – Mesa de Debate 2: Consolidação dos princípios do Sistema Único de Saúde (SUS)

Palestrantes: Jussara Cony – Farmacêutica, militante do Movimento de Saúde e participante da 8ª Conferência Nacional de Saúde; Alcindo Antonio Ferla – Professor da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) e representante da Rede Unida; Aristides Santos – Presidente da Confederação Nacional dos Trabalhadores Rurais Agricultores e Agricultoras Familiares (Contag); Maria do Socorro de Sousa – Pesquisadora da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) de Brasília

11h às 13h30 – Mesa de Debate 3: Financiamento adequado e suficiente para o SUS

Palestrantes: Élida Graziane Pinto – Procuradora do Ministério Público de Contas do Estado de São Paulo; André Luiz de Oliveira – Coordenador da Comissão Internacional de Orçamento e Financiamento (Cofin) do CNS e conselheiro nacional de saúde pelo segmento de usuários; Ronald Ferreira dos Santos – Presidente da Federação Nacional dos Farmacêuticos (Fenafar) e coordenador do “Saúde +10”; Arionaldo Bonfim Rosendo – Subsecretário de Planejamento e Orçamento do Ministério da Saúde

12h30 às 14h30 – Almoço

14h30 às 16h30 – Grupos de Trabalho

16h30 às 17h – Lanche

17h às 19h – Ato em defesa do SUS

19h – Jantar

  • Terça-feira, dia 6

8h às 12h30 – Grupos de Trabalho

12h30 às 14h30 – Almoço

14h30 às 16h30 – Grupos de Trabalho

16h30 às 17h – Lanche

17h às 19h – Tribuna Livre

19h – Jantar

  • Quarta-feira, dia 7

8h às 12h30 – Plenária Deliberativa

12h30 às 14h – Almoço           

14h às 16h – Plenária Deliberativa

16h às 16h30 – Lanche

16h30 – Plenária Final

Deixe uma resposta