Delegacia de Crimes Raciais e Delitos de Intolerância é criada no Rio de Janeiro

O Sintrasef participou, nesta quinta-feira (13/12), da inauguração da primeira Delegacia de Crimes Raciais e Delitos de Intolerância (Decradi), localizada na Rua do Lavradio, no Centro do Rio. A nova unidade da Polícia Civil está instalada ao lado da Delegacia da Criança e do Adolescente Vítima (DCAV) e da Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA). Juntas, as três serão responsáveis pelo atendimento a vítimas em situação vulnerável. A prioridade da Decradi é registrar e investigar casos que tenham como motivação crimes de ódio e discriminação, como racismo, injúria, xenofobia, homofobia e outros tipos de preconceito. Para serem capazes de atender às vítimas, os agentes que trabalharão na

Ler mais

Funasa: servidores protestam contra manobra da AGU para atrasar pagamento da indenização de campo

  O Sintrasef e outras entidades sindicais ligadas ao Ministério da Saúde realizaram nesta quinta-feira (13/12) uma assembleia e um ato de protesto em frente a sede do Tribunal Regional do Trabalho (TRT), no Centro do Rio. Os servidores protestaram contra a intervenção da Advocacia Geral da União (AGU) no acordo entre trabalhadores e a Fundação Nacional da Saúde (Funasa) no processo de indenização de campo. A AGU alegou que a Funasa não poderia homologar acordos e pediu um novo prazo. As suspeitas são que as ordens para a suspensão do pagamento dos trabalhadores vieram da equipe de transição do governo Bolsonaro. Durante o ato de protesto os servidores deixaram

Ler mais

Cultura no Brasil: servidores vão a congresso contra a privatização

Servidores do Ministério da Cultura da base da Condsef/Fenadsef fazem nessa terça e quarta, dias 11 e 12, um trabalho de força tarefa no Congresso Nacional contra as medidas provisórias (MPs) 850/18 e 851/18. Para a categoria, as medidas abrem uma perigosa porta para privatização da cultura no país com a extinção do Instituto Brasileiro de Museus (Ibram) e a criação de uma agência que serviria como alternativa para captação de recursos e manutenção de museus. Isto significa que ao privatizar a cultura, grande parte da população poderá perder o direito de acesso a ela. As propostas nasceram para dar uma resposta ao incêndio que acabou com 90% do acervo do

Ler mais

Servidores do Ministério da Saúde aguardam negociação para pagamento da indenização de campo

O Sintrasef, representado pelo diretor Edvaldo Esteves, participou da audiência de conciliação entre os servidores públicos do Ministério da Saúde, ex-celetistas da antiga Funasa, no Tribunal Regional do Trabalho do Rio de Janeiro, na terça-feira (27/11). Os trabalhadores estão lutando pela diferença de indenização de campo. O prazo final para que a administração pública divulgue uma nota técnica é até o dia 13 de dezembro, às 15h20min. O Sintrasef reforça que sempre estará lutando ao lado dos servidores públicos federais pelos seus direitos conquistados.

Ler mais

Dia Nacional de Mobilização: servidores públicos unidos contra a reforma da Previdência

Servidores públicos de diversos estados brasileiros se reúnem hoje, quinta-feira (22/11), no Dia Nacional de Mobilização, para realizar o primeiro grande ato, depois das eleições, em defesa da aposentadoria e contra a reforma da Previdência, com apoio da Central Única dos Trabalhadores (CUT), da Condsef/Fenadsef e de oito centrais sindicais. O governo do presidente eleito, Jair Bolsonaro, está preparando um pacote de maldades para o servidor público: Reforma da Previdência, extinção e fusão de ministérios, fim da estabilidade do funcionário público, congelamento de salários, ataques aos sindicatos e uma verdadeira caça às bruxas a quem não rezar pela cartilha do próximo sistema político. Por isso, diante do que se desenha

Ler mais

Relatório elaborado pelo Ministério do Planejamento deseja igualar salário do servidor público ao do funcionário do setor privado

Ignorando o parecer jurídico do Senado que considerou inconstitucional a MP que pede o adiamento do reajuste do funcionalismo, o governo Michel Temer insiste em postergar o aumento de uma parcela dos servidores – o qual já vem sendo adiado há dois anos. Agora, o argumento é de que o salário dos servidores públicos está acima da média e deve ser equiparado aos trabalhadores da iniciativa privada. E uma das formas de fazer cair a margem salarial da categoria é jogar o reajuste previsto para 2019 para 2020. O reajuste do funcionalismo foi negociado em 2015, ainda com a presidente Dilma Rousseff, o qual deveria ter sido pago em três parcelas:

Ler mais

Servidores entregarão pauta de reivindicações à equipe de transição de Bolsonaro

A diretoria executiva da Condsef/Fenadsef se reuniu nesta sexta-feira (9/11) para discutir os encaminhamentos aprovados na reunião do Conselho Deliberativo de Entidades (CDE), que aconteceu um dia antes, na quinta-feira (8/11). Foi feita uma análise política do momento brasileiro e das ameaças que rondam o serviço público por parte do atual e do futuro governo. Dentre as deliberações aprovadas pela executiva da Condsef/Fenadsef está a produção de um documento contendo a plataforma dos servidores federais, o qual será entregue à Comissão de Transição do governo Bolsonaro. Também será preparada uma carta de repúdio contra a extinção do Ministério do Trabalho, uma possibilidade cogitada pelo presidente eleito. Tanto no CDE quanto

Ler mais

Servidores definem estratégias para derrubar MPs 850 e 851

Reunidos na segunda e terça-feira (6 e 7/11), na sede do Museu Nacional e no Palácio do Catete, no Rio de Janeiro, o Sintrasef, a Condsef, sindicalistas, representantes de movimentos sociais e servidores das áreas de cultura e de educação aprovaram uma série de ações que vão nortear a luta de diversos setores nas próximas semanas para derrubar as MPs 850 e 851, que representam um ataque aos museus e às universidades públicas por parte do governo federal. A MP 850 prevê a extinção do Instituto Brasileiro de Museus (Ibram) e a criação de uma Agência Brasileira de Museus, o que significa transferir para a iniciativa privada a gestão e

Ler mais

Servidores farão força tarefa no Congresso por recursos para o setor público e contra reforma da Previdência

Servidores públicos federais através da Condsef/Fenadsef vão realizar um trabalho intenso de força tarefa no Congresso Nacional entre os dias 6 de novembro e 13 de dezembro. O objetivo é conseguir, no Congresso Nacional, emendas à Lei Orçamentária Anual (LOA) 2019 para garantir investimento para o setor público, incluindo reposição para servidores que estão com salários congelados desde janeiro de 2017. O último acordo firmado com o governo foi em agosto de 2015. A LOA 2019, enviada ao Congresso pelo governo Temer, não prevê aumentos para os servidores, embora não haja nenhuma restrição na Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO). Os servidores vão cobrar emendas para cumprir com compromissos e acordos celebrados entre a Confederação

Ler mais

Saúde: sindicalistas apresentam dossiê e ministério reconhece falhas do ponto eletrônico. Reunião no Rio é nesta terça-feira (23/10)

Representantes do Sintrasef, Condsef/Fonadsef e demais entidades de servidores se reuniram nesta quinta-feira (18/10), em Brasília, com coordenadores do Ministério da Saúde para discutirem os problemas do ponto eletrônico nos diversos institutos e hospitais federais da rede. Os sindicalistas apresentaram um dossiê atualizado de todos as falhas na implantação do ponto eletrônico. Essas falhas muitas vezes computam horas erradas que se transformam em prejuízos financeiros nos contracheques dos servidores. Durante a reunião em que participaram os diretores Carlos Henrique, do Sintrasef, e Edna Theodoro, da Condsef, a Coordenação de Gestão de Pessoas do Ministério da Saúde (Cogesp) informou que fará a avaliação das justificativas pendentes dos servidores sobre os erros

Ler mais
Página 1 de 1412345...10...Última »